E eu comecei o ano com o pé esquerdo

Resolução de ano novo: Querido Senhor, em 2010 prometo que vou repassar todos os tipos de correntes da internet que me enviam, porque deve ser isso que tá me fodendo a vida. Obrigado, Bruno.

Tudo começou quando eu e a Luna (namorada) decidimos viajar pra praia no Réveillon. Como ela tinha que prestar Fuvest logo no dia 3 e eu tinha que resolver uns assuntos pendentes, não planejamos viajar pra lugar algum nesse ano novo. Íamos ficar em casa, vendo os fogos de Copacabana na TV enquanto todo mundo estaria enchendo a cara e se divertindo. Legal, né?

Pois bem, lembramos o quão animador seria isso e decidimos viajar pra praia. Queríamos relaxar um pouco e tomamos essa sábia decisão, porque, afinal, praia é um lugar super zen, tranquilo e pacífico nesta época do ano. É bom eu dizer pra nunca repetir isso.

Um amigo nosso havia nos convidado pra ir pro Guarujá passar o ano lá e, até então, não tínhamos nem confirmado nem recusado a proposta. Ligamos pra ele no dia 29 à noite e dissemos que iríamos. Claro, dois dias antes da virada, super inteligente de nossa parte. E mais inteligente ainda: de ônibus.

No dia 30, corremos para o terminal do Jabaquara pra comprar nossas passagens pra noite daquele mesmo dia. Tem que ser muito imbecil – que nem eu – pra achar que no ano novo ia ter passagem de ônibus disponível pra qualquer horário. Óbvio que tava tudo lotado. Ficamos na fila por mais de 1h esperando nossa vez para descobrir que o próximo ônibus livre era o das 20h do dia 31.  Arriscado, mas fazer o quê? TV ou praia? Tédio ou animação? A grana ou a galera? HEHEHE. Várias dúvidas e uma certeza: VAMO QUE VAMO!

Voltamos pra casa até que empolgados e no dia seguinte chegamos às 19h45 à plataforma de embarque. O problema é que, a princípio, o mundo deveria estar querendo viajar pra praia, porque aquela era a maior concentração por metro quadrado de pessoas que eu já tinha visto na vida. Tinha gente de tudo quanto é tipo, idade, gênero e gosto por Crepúsculo espalhados pela rodoviária. Se o inferno na Terra existe, o diabo estaria ali pegando as passagens.

Mas, pra nossa sorte, o ônibus chegou rapidamente. Que alegria! Encostamos na fila pra entrar e o letreiro marcava “Guarujá – 18h”. Pensei, “Hum… este ônibus deve ter saído do Guarujá às 18h e só chegou agora. Deve estar um pouco de trânsito, porque normalmente uma viagem de São Paulo pra lá demora uma hora e não duas. Mas tudo bem. Ainda dá pra chegar a tempo”. Ai! Um dia esses pensamentos vão me matar de tão imbecis que são. Por desencargo de consciência perguntei pra qual horário era o ônibus.

Eu: Moço, esse ônibus é o de qual horário?

Cara da empresa: Das 18h pro Guarujá.

Eu: HE HE HE. Eu sei que ele veio às 18h… mas qual é o horário de embarque dele?

O mesmo FDP: ESSE É PRA QUEM COMPROU PRASSAGEM PRAS 18H. TÁ TUDO ATRASADO.

Eu: O QUEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEÊ?

Cara, se o das 18h tinha acabado de chegar, o meu, que era das 20h, chegaria, no mínimo às 22h. Puta que o pariu, que situação. Passagens compradas e a porra da empresa não tem ônibus suficientes pra levar as pessoas no horário marcado. O que fazer? Nada, né. Sentar e esperar. Ou ficar tirando fotos da rodoviária lotada pra passar o tempo.

O tempo passava e nada dos ônibus chegarem. Quase meia hora depois, às 20h30, chegou outro ônibus. Poxa, se continuasse nesse ritmo com certeza o meu sairia às 22h e, com muita sorte, chegaria ainda antes da meia noite do dia 31. Mas não… Sou eu, né. O que esperar? Logo veio a voz daquele FDP da empresa: “GUARUJÁÁÁÁ – 18h10”.

Não era possível. Além de estarem atrasados, a porra da empresa vende as passagens de 10 em 10 minutos. Que sofrimento pra um coração triste, palmeirense… Depois de 10 minutos depois chegou outro, o das 18h20. Quanto mais eles chegavam, mais eu tinha a certeza de que iria passar a virada do ano dentro de um ônibus. Quer coisa mais legal que isso? Sem estresse, sem perigo de te acertarem com um rojão no meio da cabeça, sem sujar o pé na areia da praia, sem pular ondinhas e ser engolido por uma tsunami devastadora… olha só quantos pontos positivos.

E, assim, os ônibus foram chegando, até às 23h09 (ONZE E NOVE) aparecer o meu, marcado inicialmente pras 20h (OITO). Só 3 horas e 9 minutos de atraso, mas e daí? Naquele momento, o meu maior sonho nem era chegar na praia a tempo (pfff hahahaha) e sim entrar no ônibus pra poder sentar e descansar.

Ingênuo de viagens que sou, nem reparei que essa Coca-Cola e um outro champanhe que vi passando eram pra comemorar a virada de dentro do ônibus mesmo. O pessoal já vem todo preparado. Nesse quesito tenho que aprender muito com esses feras de viagens cagadas e mal planejadas.

O serviço de bagagem, que está incluso no preço da passagem, deve ter sido caixinha de ano novos pra esses viados, porque além dos próprios passageiros terem colocado as bagagens no compartimento de malas, nenhuma pessoa da empresa deu a etiqueta de controle delas. Era cada um por si e salve-se quem puder.

Nosso ônibus saiu precisamente às 23h29 do dia 31/12/09. Devido a um monte de desocupados que achavam que iriam ver o reveillon na praia, ficamos presos no trânsito como todos eles. Filhos da puta. Abrimos a champanhe do cara da poltrona 71, fiquei amigo da senhora da poltrona 2, comemos o frango da mulher da poltrona 12 e brindamos o novo ano dentro do ônibus mesmo. Com contagem regressiva e tudo. Se já tá tudo cagado, tem que se enturmar. E tudo muito compartilhado, como manda o figurino dos farofeiros.

Foi uma experiência até que interessante e acho que todos deveriam saber como é passar a virada do ano em um ônibus com uma galera que não conhece, porque todo dia é dia de fazer novas amizades, não é mesmo, minha gente? Até chegar ao Guarujá foi tudo tranquilo, mas vou deixar vocês adivinharem qual mala foi extraviada e quem foi a pessoa que teve que passar todos os dias só com a roupa do corpo.

a) Luna

b) o cara da poltrona 71

c) a mulher do frango

d) a senhora

e) EU, CLARO

Teeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeemmmmmmpooooooooooo

Bom ano novo e um ótimo 2010 pra vocês também.

79 respostas para “E eu comecei o ano com o pé esquerdo”

  1. o pior é q por vc ter comido frango.. já deu azar… ele cisca pra trás… isso é um péssimo começo de ano… hahahahahahahahah…. vc é cagado, meu amigo… a lei de murphy tá contigo!!!
    mas como tudo tem seu lado bom… vc conheceu pessoas…

  2. conehci a radio eldorado a menos de 1 ano e já amo de paixão… espero poder ouvi-la por mais 52 anos..

    Parabéns e vida longa!!!

  3. cone

    hci a radio eldorado a menos de 1 ano e já amo de paixão… espero poder ouvi-la por mais 52 anos..

    Parabéns e vida longa!!!

  4. Da próxima vez vá de carro né. Por coincidencia quase que fui ao Guarujá esse ano. Já estava tudo planejado mas acabou dando um problema de última hora e tivemos que desistir. Me livrei de encontrar um palmeirense com roupa de 3 dias. rs

  5. Ehr… por isso que não gosto de Ano Novo… quem se dá bem é só ricaço! Nós, pobres mortais, sempre sofremos: ou é algum parente bêbado, ou é o enxcoxa-encoxa na praia, ou alguma desgraça de última hora pra acabar de ferrar com tudo!

    Foi por isso que passei o Ano Novo na Igreja: seguro e garantido! 😀

  6. tô rindo horrores… pq eu passei por uma merda dessas já. Nunca mais viajo no dia 31… aliás, só viajo pra reveillon se eu for uns 3 dias antes e voltar uns 3 dias depois.

  7. Sorte minha: Moro no Litoral, não preciso viajar pra chegar na praia, só uns 10min de bicicleta to lá.

    Azar meu: Passei o Reveillon em casa porque estava uma chuva da p**** aqui. . . .

    Resp. da enquete (e)

  8. Hahaha é a vida né?
    O pior foi você ter comido frango, pois como diz a sabedoria popular, ele cisca para trás, trazendo os agouros do passado 😐 *medo*
    mas que nada, acho que Ano Novo é para a gente levar na esportiva, porque sempre acontece merda.
    e eu também acho que vou começar a enviar todas as correntes para ver se melhora um pouco a vida kkk xD

  9. veeey, primeira coisa que eu faço quando entro na internet é entrar no seu blog. Amo tuudo que voce escreve aqui 😀
    Parabéns por tuudo isso aqui ok, meeu bem ?
    tuudo de boom, beeijos .

  10. Eu já fiz muito desses programas de índio, mas olha… no reveillon eu devo te congratular, Cabeça!
    E quanto à Sidra Cereser, trata-se de um mal que assola o Brasil todo. No meu reveillon, me jogaram isso na roupa e eu acho que vou ter que jogar ela fora. Parece Sidra Gorgonzola aquela porra… puta cheiro de xorume radioativo.

  11. Seguinte, não acreditava na veracidade dos textos anteriores, e achava que vc era uma pessoa comum que só aproveitava um ligeiro azar e o transformava em fama descomunal!

    Cara, desculpas do fundo do meu coração! Você é a pessoa mais AZARADA/ZICADA/SEM SORTE que eu já vi na minha vida! Sério, eu to arrependido de ter desconfiado de você. EU ACREDITO nos textos e em você!

    Prometo que como recompensa, divulgo seu blog no msn, faculdade, orkut e etc… porque depois de tudo isso você realmente merece ser famoso!

    Quanto a sua namorada, muito bonita (todo o respeito) e espero que ela tenha sorte, muuuita sorte, porque dizem que quando se casa, os 2 se tornam um só.

    Pretendo fazer um blog, quando o fizer, você será o primeiro a ser divulgado!

    Pra finalizar, eu diria sorte Bruno!, mas como é inútil… prefiro dizer: Seja famoso, meu filho! Hehehe.

    Ah, vc poderia lançar uma nova: “números que eu joguei na mega sena essa semana”. Assim, é um jogo a menos para o pessoal apostar! Hehehe. Brinks!

    Abraços,

    Guilherme Esteves, o Sonic(é… o bicho azul), 20 anos, solteiro(ma oeee), garotas solteiras e bonitas enviem curriculum para o meu e-mail. Hehehe
    Ciência da Computação, SENAC (Nerd, magro)

  12. suas azarações alegram meu momento de deprê cara UAHSAUSHAUSAHU ja estava com saudades do blog 🙂
    aaah, acho que no próximo fim de ano vou querer experimentar passar no busão comendo frango AUSHAUSHA /tenso D:
    mas aê, um ótimo 2010 pra você e pra sua namorada !

  13. Bem, pelo menos você não passou no sertão, com uma areia fedendo a mijo e MUITO bicho em volta de todas as luminárias. Quando eu digo MUITO bicho, é MUITO. De barata à aquelas coisas estranhas com um casco duro e preto. Bem nojento.

  14. porra cara, isso soh pode ser mal de nome Bruno…
    tbm soh me fodo brother…
    esbarrei no blog por acaso um dia desses e tô fãzasso já

    abraçossss

  15. Bruno

    dá até medo de desejar um Feliz 2010 pra você e os seus! Hahahaha
    Em todo o caso,
    Relaxa aí, o texto ficu ótimo…
    Se um dia resolver publicar em livro, voto nesse!

    Auguri em 2010.
    Mas não deixe de encaminhar as correntes de email.

    Parabéns pelo blog (1a visita!)
    e pelo jeito de escrever!

    Carolina

  16. Adorei o post, cara! Descobri este blog graças à comunidade dos epiléticos e não me arrependi. Eu também sou o tipo do cara que as coisas só acontecem comigo… Já não bastasse ser desastrado e tremelicante (é, eu tremo pra caramba, não sei se é mal de Parkinson, enfim, tu já imagina meus trabalhos manuais de colégio e faculdade…), ainda falo demais (especialmente aquelas coisas que não deveriam ser faladas nunca naquela situação específica) e todo mundo tira sarro da minha cara (claaaro, tem quase escrito na minha testa isso).
    Enfim, para o próximo final de ano aconselho que você vá numa igreja mesmo, especialmente uma que tenha fogos (tem algumas, sim), que é bem mais seguro. Se bem que, com sua sorte é bem capaz do pastor ou padre te chamar pra ir lá na frente “dar seu testemunho” ou um dos fogos chamuscar sua cabeça… mas é a vida, ser azarado é assim mesmo.
    Desculpe pelo comentário grande, um prazer conhecer e ler seu blog, espero ansiosamente novos posts.
    Um abraço!

  17. sempre que eu fico meio deprê ou revoltado, venho ler teu blog AIHAEIUEH me alivia/consola. um brinde aos não-nascidos erronamente numa sexta-feira 13!

    e cê é bonito, ein, meu filho.

  18. Cara, desculpas do fundo do meu coração! Você é a pessoa mais AZARADA/ZICADA/SEM SORTE que eu já vi na minha vida! Sério, eu to arrependido de ter desconfiado de você. EU ACREDITO nos textos e em você![2]

    Mas, pelo menos você tava com a sua namorada, afinal, podia ser pior rs

  19. BISCHOOOOOOOOOOOO!
    realmente, olhe pelos lados boons!
    comeu franguinho da tia e cerecer do outro lá ! ASIHDOISHDOIASOI
    e rendeu um boom post!!
    Parabens pelo seu Blog!!
    é MUITO bom!

  20. HAHAHAH Cara, paulista sofre memo, véio.

    Meeu, a Luna ia prestar Fuvest! Imagino a “estabilidade psicológica” pós-viagem que ela deve ter ficado, putz!

  21. Cara,
    Seus textos são, realmente, os melhores. Mas que ideia a sua hein!? Puta que pariu. Chorei de rir com “A grana ou a galera”.
    uaheuaehueahuheauhea

  22. auahuahau adorei o texto, muito divertido. Pimenta nos olhos dos outros é refresco né? Mas, azar e confusões á parte, foi um ano-novo memorável e divertido, vai negar?

  23. Vc é um otario cara.
    eu tambem desci pra praia no dia 31. comprei no mesmo lugar que vc. mas eu fui esperto, e fui cedo compras minha passagem, tambem demorei uma hora na fila mas Em uma hora e meia, eu estava na serra.
    bobão!!!ãããã

  24. Blog esbarrado ao acaso. Mas adoreeeei.
    Arrasou, cara! Que ano novo, hein?
    Mas pensa assim, eu sou daqui da baixada, fui pra praia, fiquei com a galera, tudo como manda o figurino… mas tomei uma chuva do cão q me deixou uma semana de cama =/
    O seu ainda rendeu um post irado e mto engraçado hauehauehea. Além da experiência única.
    Ctrl+D pra mim tb, gostei =)

  25. MORRI! RACHEI!
    me diz.. oq seria da nossa felicidade se não fossem as merdas q vc conta? (que por uma infeliz coencidencia, acontecem com vc msm xD)

    rilitros! LoL
    ;**

  26. meodeusdocéu!!!
    eu achava que era a A cagada, mas vc,cara, supera !
    ahuahuahauhauhauahuahuahauhauhauhauahuah
    e sua história “cocô na casa da namorada”…acredite, vc não é o único.
    =P

  27. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    nem sei oq falar!
    olha pelo lado bom, vc “filo” o champanhe e o frango da tia!
    e o caso da mala, pensa, oq é um peido pra qm ta na merda?RSRS’

  28. Passei o reveillon dentro do carro, fiz questão de parar, colocar o som bem alto e comemorar escutando Marcas do que se foi da rádio, pq ano novo sem escutar marcas do que se foi não é ano novo.

  29. Eu sempre pensei: quando você acha que tá fodido, é só olhar para o lado que terá um mais fodido ainda.
    Mas para toda a regra, há um exceção, e nesse caso, acho que é vc! haha

    parabéns por conseguir lidar com a situação, eu no teu lugar possivelmente teria me arremessado da janela do onibus…

  30. Puxa, fazia tempo que não visitava o blog aqui, mas essa é uma das melhores historias, parabens, e pense que podia ser muuito pior rsrsrsrs, de qualquer forma sua namorada é linda, parabens pelo blog, continuarei divulgando ^^

  31. Cara, esse blog já está nos meus favoritos!
    Realmente, deve ser uma experiência única passar o ano novo dentro do ônibus. Mas vamos e convenhamos: Ao menos você se enturmou, estava com a namorada e tinha comida, né?
    Adorei a analogia com o “1 contra 100”! 10!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *